CONEXÃO 91: Destaques 25/03/2020

Bolsonaro contraria todas as orientações de especialistas e pede fim do isolamento social contra o coronavírus. A repercussão foi imediata e péssima. Enquanto isso, a Covid-19 avança e Amazonas e Porto Alegre confirmam mortes no Brasil, as primeiras fora do Sudeste. E o Ministério da Saúde diz que o Brasil precisa ter até 7 vezes mais exames para enfrentar o pico da epidemia. Na Europa, o exame do príncipe Charles, herdeiro do trono britânico, testou positivo para a doença.

Bolsonaro em rede nacional

Bolsonaro contraria especialistas e autoridades e pede fim do ‘confinamento em massa’

Bolsonaro contraria especialistas e autoridades e pede fim do ‘confinamento em massa’

Na contramão de especialistas e autoridades sanitárias do país e do mundo inteiro, Jair Bolsonaro criticou o pedido de isolamento e distanciamento social, em pronunciamento em rede nacional de televisão. O presidente culpou os meios de comunicação por espalharem, segundo ele, uma sensação de “pavor”. E disse que, se contrair o vírus, não pegará mais do que uma “gripezinha”.

Repercussão ruim

Sociedade civil e autoridades criticam pronunciamento de Bolsonaro

Sociedade civil e autoridades criticam pronunciamento de Bolsonaro

O Ministério da Saúde informou que não vai se posicionar sobre o pronunciamento. Mas a fala de Bolsonaro repercutiu negativamente. O presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou que a fala na TV foi “grave” e que o país precisa de uma “liderança séria”. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que o pronunciamento foi “equivocado” e que os brasileiros precisam seguir as normas da Organização Mundial de Saúde (OMS). Parlamentares e governadores disseram que Bolsonaro é “irresponsável e confunde população”.

Amazonas

Secretaria de Saúde do Amazonas confirma 1ª morte no estado por coronavírus

Secretaria de Saúde do Amazonas confirma 1ª morte no estado por coronavírus

O Amazonas e Rio Grande do Sul registraram os primeiros registros de morte por coronavírus. O óbito no Amazonas foi confirmado pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam), e o do Rio Grande do Sul, pela Prefeitura de Porto Alegre.

A vítima do norte é um dos pacientes do município de Parintins, distante 369 km de Manaus e tinha 49 anos. Em Porto Alegre, a vítima é uma idosa de 91 anos, que estava internada na UTI.

Assim que contabilizados pelo Ministério da Saúde, o número de mortes provocadas pela doença no país vai chegar a 48.

Pico da epidemia

Número de mortos pelo coronavírus no Brasil sobe para 46

Número de mortos pelo coronavírus no Brasil sobe para 46

O secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, disse que o Brasil precisa aumentar a capacidade de testagem diária dos atuais 6,7 mil testes para até 50 mil para “enfrentar o pico da epidemia”. Para alcançar os números, a capacidade precisa ser ampliada em pouco mais de 7 vezes.

Realeza britânica

Príncipe Charles está com coronavírus — Foto: Victoria Jones/Pool via Reuters

Príncipe Charles está com coronavírus — Foto: Victoria Jones/Pool via Reuters

O teste do príncipe Charles para a Covid-19 deu positivo, informaram autoridades palacianas nesta quarta-feira (25). A BBC confirmou a informação.

Charles, de 71 anos, é o filho mais velho da rainha Elizabeth II e o herdeiro do trono. Ele tem sintomas leves, está em boa saúde e tem trabalhado de casa nos últimos dias de maneira usual.

Favelas no Rio

Bairros com maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e com os mais caros metros quadrados do Rio acumulam mais da metade dos registros de coronavírus. Mas é a chegada do vírus nas favelas que mais preocupa autoridades e especialistas. O medo é de explosão de Covid019.

Quarentena / isolamento

Avenida Paulista, em São Paulo — Foto: Marcelo Brandt / G1

Avenida Paulista, em São Paulo — Foto: Marcelo Brandt / G1

Estados Unidos

Mensagem aos Cidadãos Americanos — Foto: Reprodução / Embaixada dos EUA no Brasil

Mensagem aos Cidadãos Americanos — Foto: Reprodução / Embaixada dos EUA no Brasil

A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil postou um aviso para que todos os norte-americanos que estão ou vivem no território brasileiro voltem ao EUA o mais rápido possível. Os EUA já haviam solicitado aos seus cidadãos no exterior que voltassem ao país por causa da pandemia por coronavírus. Ontem, a embaixada mostrou as opções de voos disponível do Brasil para os EUA.

Os EUA também anunciaram que concluíram um acordo federal de US$ 2 trilhões para aliviar as consequências da pandemia do coronavírus sobre a economia do país. O pacote de estímulo deverá auxiliar trabalhadores, empresas e o sistema de saúde.

Senado e Casa dos Representantes precisam aprovar a legislação antes de enviá-la à sanção do presidente Donald Trump.

China

A China suspendeu as drásticas restrições impostas por vários meses na província de Hubei, foco da pandemia do novo coronavírus que causou mais de 18 mil mortes em todo o mundo desde dezembro. Nenhum caso de contágio local foi detectado nas últimas 24 horas no país, mas 47 “importados” do exterior foram registrados, informaram as autoridades nacionais de saúde.

Hoje é dia de Dia Nacional da Comunidade Árabe e do Oficial de Justiça.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *