Comitê Olímpico Brasileiro considera acertado adiamento das Olimpíadas de Tóquio

Alívio. Este foi o sentimento do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) com o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021. O presidente do COB, Paulo Wanderley Teixeira, já havia se manifestado favoravelmente dias atrás por esta decisão e lembrou de que, neste momento, todos os esforços do Brasil e do mundo devem estar concentrados agora no combate à pandemia.

Wanderley também elogiou o presidente do COI, Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, pela serenidade e a capacidade de liderança. “Os atletas são o centro das preocupações do COB e do COI e, por isso, a comunidade olímpica do Brasil está bastante satisfeita com a decisão”.

O Governo Japonês, o Comitê Organizador Tóquio 2020 e o COI anunciaram, oficialmente, nesta terça, o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio. As competições ocorreriam a partir de 24 de julho de 2020, tendo como nova data limite o verão de 2021 no hemisfério norte.

AGÊNCIA BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *