Carnaval 2020 tem hit, rainhas e blocos em PE e BH

“Cabelo ok, marquinha ok. Sobrancelha ok, a unha tá ok”. E a coreografia, também está ok? Se não estiver, tudo bem! O passo a passo da dança que acompanha “Tudo ok”, um dos hits que deve agitar esse carnaval. Muriel Quixaba, 35 anos, rainha da escola de samba Colorado do Brás, achou que ficaria de fora do carnaval quando caiu e bateu a cabeça em um acidente doméstico, apenas 15 dias antes do desfile. Ela teve de ser internada após ser resgatada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) porque não conseguia mover as pernas. “Foi desesperador, eu perdi a sensibilidade das pernas e na hora já pensei que não fosse mais conseguir desfilar. Eu vou desfilar! Minha presença está confirmada. Inclusive no nosso último ensaio estarei lá”, disse Muriel. Sabrina Sato é presença confirmada em ensaio técnico da Gaviões da Fiel nesta quinta. Ana Paula Evangelista também levou um susto: A menos de dez dias para o carnaval, Ana Paula Evangelista é pura ansiedade. A beldade, que mora em Londres, na Inglaterra, ainda está se recuperando de uma fratura no punho. Mas, segundo ela, até a Unidos da Tijuca entrar na Sapucaí, tudo vai estar 100% para o desfile de carnaval.

Carnaval em Pernambuco = Pretinha do Congo é uma manifestação cultural que nasceu na Paraíba e foi “cedida” a Pernambuco em 1930, passando a ser um movimento peculiar e exclusivo de Goiana, no Grande Recife. Nessa cidade, estão os dois grupos existentes, sendo um deles, a Nação Africana Pretinha do Congo, da praia de Carne de Vaca, no distrito de Tejucupapo, que completa 90 anos em 2020.

Carnaval em Belo Horizonte = Blocos mineiros vão tocar marchinhas, axé, carimbo, forró, jazz e rock. Tendo a diversidade como uma de suas principais bandeiras, a folia mineira vai misturar ritmos. E mais: ‘Folia de Rua’ em João Pessoa tem abertura com show de Jonas Esticado e blocos.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *