Conexão 91 – 16/01/2020

Porte e posse de armas = Os novos decretos alterando regras sobre o uso de armas foram usados pelas defesas de presos no RJ para aliviar as penas. Levantamento mostra que 57 condenados pediram revisão, e 46 deles conseguiram reduzir as condenações. Todos estão presos por porte ou posse ilegal de armas, mas 11 deles também respondem por outros crimes, como tráfico, assalto, homicídio e sequestro.

Prévia do PIB = O Banco Central divulga hoje prévia do PIB no mês de novembro. O resultado do IBC-BR dará um panorama do nível de atividade da economia brasileira em 11 meses do ano passado. Até outubro de 2019, foi registrada uma alta de 0,95%. Preço de novos aluguéis fica acima da inflação pela 1ª vez em 6 anos.

Próximo da fila = Os EUA entregaram a carta em que formalizam o apoio à entrada do Brasil na OCDE, o chamado “clube dos países ricos”. O governo americano desistiu de pedir prioridade para a Argentina e o Brasil se tornou o próximo da fila. Mas o processo ainda demora pra começar, depende do aval dos 36 membros do bloco, e o Ministério da Economia prevê que a adesão leve até 2 anos. Enquanto isso o comércio entre Brasil e Venezuela volta a cair em 2019 e atinge menor valor em 20 anos.

Impeachment de Trump = Depois de uma cerimônia cheia de pompa na Câmara, o impeachment de Donald Trump será recebido oficialmente hoje no Senado – em outra solenidade. Por lá, os senadores de maioria republicana ainda precisam decidir se vão reabrir as investigações e ouvir novas testemunhas, que foram anexadas ao processo pelos deputados democratas.

Legado olímpico interditado = A Justiça mandou interditar as arenas do Parque Olímpico do Rio em até 48 horas. A ordem atende a um pedido do Ministério Público Federal, que alega que as instalações não podem ser usadas porque estão sem licenças, como laudo de vistoria dos bombeiros e o “habite-se” da Prefeitura.

Água com cheiro = A Cedae afirmou que vai normalizar o abastecimento de água no Rio de Janeiro na próxima semana. Moradores reclamam há mais de 10 dias da qualidade de água, que chega às casas turva, com gosto e cheiro ruins. A melhora nas torneiras, porém, vai variar de acordo com o tamanho dos reservatórios.

Água com dietilenoglicol = Uma auditoria feita na cervejaria Backer encontrou água contaminada com a substância tóxica dietilenoglicol em uma das etapas de produção das cervejas da empresa. A polícia de MG confirmou a morte de mais uma pessoa pela síndrome nefroneural. Uma força-tarefa apura se os casos de intoxicação têm relação com o consumo de cervejas contaminadas da marca.

PIS/PASEP 2019-2020 = Começa a ser pago nesta quinta-feira (16) o abono salarial PIS do calendário 2019-2020, ano-base 2018, para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em janeiro e fevereiro. O PIS é pago na Caixa Econômica Federal. Também será liberado o Pasep, que é pago para servidores públicos por meio do Banco do Brasil, para quem tem final da inscrição 5. Quem nasceu nos meses de julho a dezembro ou tem número final de inscrição entre 0 e 4 recebeu o benefício ainda no ano de 2019. Já os nascidos entre janeiro e junho e com número de inscrição entre 5 e 9 receberão no primeiro trimestre de 2020. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 30 de junho de 2020, prazo final para o recebimento. O valor do abono varia de R$ 87 a R$ 1.039, dependendo do período trabalhado formalmente em 2018. Tem direito ao abono salarial quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2018. É preciso ainda estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), ano-base 2018. Trabalhadores da iniciativa privada retiram o dinheiro na Caixa Econômica Federal, e os servidores públicos, no Banco do Brasil. É preciso apresentar um documento de identificação e o número do PIS/Pasep. No caso do PIS, para quem é correntista da Caixa, o pagamento é feito 2 dias antes do restante dos outros trabalhadores. Já no caso do Pasep, o crédito em conta para correntistas do Banco do Brasil será efetuado a partir do 3º dia útil anterior ao início de cada período de pagamento.

O valor do abono é associado ao número de meses trabalhados no exercício anterior. Portanto, quem trabalhou um mês no ano-base 2018 receberá 1/12 do salário mínimo. Quem trabalhou 2 meses receberá 2/12 e assim por diante. Só receberá o valor total quem trabalhou o ano-base 2018 completo. Por exemplo, se o período trabalhado foi de 12 meses, vai receber o valor integral do benefício, que é de um salário mínimo (R$ 1.039). Se trabalhou por apenas um mês, vai receber o equivalente a 1/12 do salário (R$ 87), e assim sucessivamente. Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Se não tiver o Cartão do Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação. Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa. O trabalhador pode fazer uma consulta ainda no site www.caixa.gov.br/PIS, em Consultar Pagamento. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos. Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, precisam procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Japão = O Ministério da Saúde do Japão confirmou nesta quinta-feira (16) que um homem de 30 anos contraiu a misteriosa pneumonia viral que deixa a China em alerta. Segundo o governo japonês, o paciente esteve no início de janeiro em Wuhan, cidade chinesa que é o epicentro da doença que já matou uma pessoa. O homem é de Kanagawa, cidade vizinha a Tóquio, foi hospitalizado com febre alta e outros sintomas no dia 10 de janeiro, logo após voltar da China. A misteriosa pneumonia que preocupa a China. Os resultados das análises saíram no dia 15 de janeiro, e confirmaram a presença de novo coronavírus surgido na China. O homem melhorou e recebeu alta nesta quarta-feira (15). Também na quarta, a OMS confirmou que a doença foi diagnosticada na Tailândia. As autoridades chinesas avaliam que o risco de o novo surto de pneumonia viral ser transmissível entre humanos é “baixo”, mas “não está descartado”. Um homem de 61 anos morreu no dia 11 de janeiro devido ao surto da doença na China. No total, 41 pessoas em Wuhan foram infectadas com o que parece ser um novo tipo de coronavírus. Segundo testes preliminares cujos resultados foram divulgados pela Comissão Municipal de Saúde de Wuhan, o agente patogênico causa “um tipo desconhecido de pneumonia viral”. Segundo o mais recente posicionamento de órgãos chineses, não se trata de casos da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS, na sigla em inglês), como foi cogitado anteriormente. Uma epidemia de SARS, potencialmente mortífera e semelhante à gripe, matou mais de 700 pessoas em todo o mundo entre 2002 e 2003, tendo início na China. Autoridades chinesas também descartaram a possibilidade de gripe aviária e da Síndrome Respiratória do Oriente Médio. Com isso, de acordo com as autoridades, as investigações continuam.

Mega Sena = Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.224 da Mega-Sena, realizado na noite desta quarta (15) em São Paulo (SP). O prêmio acumulou. Veja as dezenas sorteadas: 16 – 23 – 32 – 50 – 52 – 58. A quina teve 28 apostas ganhadoras; cada uma ganhará R$ 78.328,49. Já a quadra teve 2.283 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 1.372,37. O próximo concurso será no sábado (18). O prêmio é estimado em R$ 27 milhões. A aposta custa R$ 4,50 e pode ser feita até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet.

Clima/Mundo = A década de 2010 foi a mais quente da história, sendo 2016 e 2019 o primeiro e o segundo ano mais quentes de todos os tempos, respectivamente. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (15) pelas agencias Nasa e National Oceanographic and Atmospheric Administration (NOAA), que coletaram dados de milhares de estações de pesquisa sobre temperatura em todo o mundo. Ano de 2019 foi o segundo mais quente da história, diz agência europeia. 2019 fechou década mais quente já registrada no mundo. De acordo com os pesquisadores, o aquecimento do planeta tem sido causado em grande parte pelas emissões de dióxido de carbono e outros gases de efeito estufa provenientes da queima de combustíveis fósseis. “O registro da temperatura da superfície [da Terra] nos mostra que a última década foi mais de 1º C maior que o final do século 19 e sabemos que isso foi impulsionado pelas atividades humanas”, disse Gavin Schmidt, diretor do Instituto Goddard de Estudos Espaciais da Nasa, que conduziu a análise dos dados, ao jornal The New York Times. As análises divulgadas nesta quarta mostraram que as temperaturas médias globais da superfície do Planeta em 2019 foram quase 1ºC acima da média entre os anos de 1951 a 1980. Os resultados são parecidos com os de uma análise do serviço europeu Copernicus publicada na semana passada, que também mostrou que 2019 foi considerado o segundo mais quente da história. Os registros sistemáticos sobre a temperatura global começaram a serem feitos em 1850.

Hoje 16 de JANEIRO É Dia dos Cortadores de Cana

FONTE G1/DIA DE HOJE APONARTE – FERREIRA JR – CONEXÃO 91

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *