Conexão 91 – 15/01/2020

Surto de dengue = Todos os estados do Nordeste, o Espírito Santo e o Rio de Janeiro poderão ter um surto de dengue a partir de março de 2020, segundo o Ministério da Saúde. Os 11 estados estão sendo monitorados, segundo o porta-voz da pasta. No ano passado, o Brasil teve mais de 1,5 milhão de casos da doença, um aumento de 488% em relação a 2018.

Brasil no ‘clube dos ricos’ = Os EUA entregaram à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) uma carta pedindo prioridade à entrada do Brasil no chamado “clube dos ricos”. Segundo a embaixada americana, a intenção é que o país seja o próximo a iniciar adesão ao grupo, e a decisão corresponde às promessas de Trump a Bolsonaro. Na prática, a entrada exige que as contas do país estejam em ordem e pode atrair mais investimentos.

Impeachment de Trump = A Câmara dos EUA deve aprovar o envio formal do impeachment de Donald Trump ao Senado. O ato é protocolar, mas representa um avanço no processo contra o presidente, acusado de obstrução e abuso de poder. Segundo as denúncias, Trump pressionou o governo da Ucrânia para investigar Joe Biden, seu principal adversário. Espera-se que Trump seja inocentado no Senado, dominado por republicanos. Democratas realizam debate de alta tensão antes das primárias nos EUA.

Trégua comercial = Estados Unidos e China assinam hoje a 1ª etapa de um acordo que promete aliviar a guerra comercial entre os dois países. A medida, que será formalizada na Casa Branca, vai alterar as práticas econômicas chinesas, mas ainda manterá tarifas sobre cerca de US$ 370 bilhões em importações da China por ano.

Cerveja contaminada = Uma perícia contratada pela cervejaria Backer indica a contaminação em um lote da cerveja Belorizontina. O laudo aponta presença de dietilenoglicol, mesma substância encontrada pela polícia, que investiga se a cerveja provocou a intoxicação de 17 pessoas em MG. Uma delas morreu e uma 2ª morte é investigada no estado. ‘Não bebam a Belorizontina’, diz diretora da cervejaria Backer.

Crise da água no Rio = A Cedae exonerou o chefe de uma estação de tratamento de água, 12 dias depois do início da crise no abastecimento no Rio de Janeiro. Desde a semana passada, moradores de várias regiões da cidade reclamam da qualidade da água. Segundo a companhia, o que deixou a água turva, com sabor e cheiro foi uma substância produzida por algas. Ainda de acordo com a Cedae, o consumo não oferece risco.

Restituição do DPVAT = O pedido de ressarcimento para quem pagou a mais no DPVAT começa hoje pela internet. De acordo com a Seguradora Líder, que administra o seguro obrigatório contra acidentes, cerca de 2 milhões de pessoas já haviam pago o DPVAT com o valor mais alto e têm direito de receber a restituição.

Imposto de Renda = A Receita paga hoje as restituições do 1º lote residual do Imposto de Renda, referentes a declarações a partir de 2008. Esses lotes são os de contribuintes que caíram na malha fina, mas depois regularizaram as pendências. Ao todo, 185.891 contribuintes receberão R$ 725 milhões, de acordo com a Receita. Destes, R$ 518 milhões são referentes ao IR 2019, pagos a 131.571 contribuintes.

O presidente Jair Bolsonaro informou nesta terça-feira (14) que o governo reajustará o valor do salário mínimo de R$ 1.039 para R$ 1.045. Segundo Bolsonaro, o valor valerá partir de 1º de fevereiro. O anúncio foi feito em uma entrevista coletiva na sede do Ministério da Economia, onde o presidente se reuniu com o ministro Paulo Guedes. Segundo Bolsonaro, o reajuste será feito via medida provisória, ato que tem força de lei imediatamente. “Uma reunião tranquila, coordenada pelo Paulo Guedes. Tivemos uma inflação atípica em dezembro. Não esperávamos que ela fosse tão alta assim. Foi basicamente da carne, e tínhamos que fazer com que o valor do salário mínimo fosse mantido. Então, ele passa, via medida provisória, de R$ 1.039 para R$ 1.045 a partir de 1º de fevereiro”, afirmou o presidente.

G1 já viu = Em 2016, um ano antes do #MeToo, movimento em que denúncias de assédio sexual derrubaram homens poderosos (em especial, o ex-produtor Harvey Weinstein, que está sendo julgado por seus abusos), houve outro caso envolvendo uma pessoa importante nos EUA. Era o presidente da Fox News, Roger Ailes. O caso que abalou império na mídia americana inspira ‘O Escândalo’, filme que as indicações de Charlize Theron e Margot Robbie ao Oscar são merecidas, mas o roteiro e a direção não têm impacto, segundo a crítica.

Foto: Agência Brasil

O concurso 2.224 pode pagar um prêmio de R$ 14 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre nesta quarta (15) em São Paulo (SP). A aposta mínima custa R$ 4,50. As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet.

FONTE G1 – FERREIRA JR – CONEXÃO 91

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *