Conexão 91 – Paraná 04/12/19

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que altera as regras da Previdência estadual foi aprovada, nesta terça-feira (3), na comissão especial da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) formada para analisar as alterações na aposentadoria do funcionalismo público estadual. Ao todo, 65 emendas foram apresentadas e 35 delas foram acatadas pela comissão. Com a aprovação do parecer, o projeto pode ir a plenário para ser votado pelos deputados. O projeto, que foi apresentado pelo Governo do Estado, prevê o aumento da alíquota na contribuição dos servidores, de 11% para 14%, além do estabelecimento de idade mínima de 65 anos para homens e de 62 anos para mulheres se aposentarem.

14 municípios têm criadouros suficientes para gerar epidemia de dengue = Catorze municípios do Paraná têm alto potencial para gerar epidemia de dengue por causa da quantidade de criadouros para o mosquito Aedes aegypti, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Foram divulgados nesta terça-feira (3) o boletim epidemiológico semanal da dengue e também o Levantamento Rápido de Índices de Infestação (Lira) nos municípios. Conforme a secretaria, 222 municípios (55,6%) apresentam índices de infestação do mosquito abaixo de 1%, que é o recomendável pelo Ministério da Saúde. Outros 158 (39,6%) registraram de 1% a 3,9% e são considerados em alerta.

Agepar homologa aumento das tarifas de pedágio no Paraná = O reajuste das tarifas de pedágio de seis concessionárias do Anel de Integração no Paraná foi homologado nesta terça-feira (3) pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar). A data para que novos valores entrem em vigor ainda não foi definida. O reajuste médio anual será de 3,3% para cinco concessionárias: Econorte; Viapar; Ecovia; Ecocataratas e Caminhos do Paraná. Somente a RodoNorte terá um reajuste médio de 2,9%, porque a concessionária usa a fórmula paramétrica prevista no contrato original enquanto as demais tiveram a fórmula alterada a partir de 2014.

Polícia liberta adolescentes que eram feitos reféns há quase 30 horas = Dois adolescentes que eram feitos reféns há quase 30 horas foram libertados pela polícia por volta das 18h30 desta terça-feira (3), em Cafelândia, no oeste do Paraná. Ninguém se feriu. Segundo a Polícia Militar (PM), o padastro não explicou o motivo do cárcere privado. Nas tentativas de negociações da polícia, ele disse que não queria nada em troca e que não iria se render. A maior parte da negociação aconteceu pela janela da casa. De acordo com as irmãs do homem, ele tem 39 anos e é padrasto do menino, de 12, e da garota, de 14.

Tremor de terra com magnitude de 2,9 é registrado em São Sebastião da Amoreira = Um tremor de terra com magnitude de 2,9 na Escala Richter foi registrado na tarde desta terça-feira (3), em São Sebastião da Amoreira, no norte pioneiro do Paraná. Segundo o Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP), o cismo foi registrado às 12h08, horário local. Moradores relataram que sentiram o tremor. A cidade de São Sebastião da Amoreira fica a 64 km de Londrina e tem uma população de 8,8 mil habitantes, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Tremores da magnitude registrada na cidade não causam danos e, muitas vezes, passam despercebidos pelos moradores.

A Justiça determinou o afastamento do prefeito de Nova Aliança do Ivaí, no noroeste do Paraná, Adir Schimitz (PP), do cargo. O afastamento liminar tem prazo de 180 dias e atende a um pedido do Ministério Público do Paraná (MP-PR). A decisão é desta terça-feira (3). De acordo com as investigações, o prefeito contratou a ex-secretária municipal de Finanças como estagiária para burlar uma decisão judicial que determinava a exoneração. A decisão ainda foi baseada no histórico de atos de improbidade que o gestor municipal responde nas Justiças Estadual e Federal. Há uma semana, agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpriram mandados de busca e apreensão na casa do prefeito e na prefeitura. A ação judicial é uma continuação da operação Hecatombe que culminou com uma ação civil pública por atos de improbidade administrativa contra o prefeito, pela prática de atos de “transnepotismo” ou “nepotismo interinstitucional”. Para o MP-PR, o prefeito nomeou parentes de sete dos nove vereadores do município para cargos de alto escalão do executivo, como secretários, diretores e chefes de divisão. A secretária de Finanças foi nomeada por ser filha de um vereador, ainda conforme a promotoria.

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que altera as regras da Previdência estadual foi aprovada, nesta terça-feira (3), na comissão especial da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) formada para analisar as alterações na aposentadoria do funcionalismo público estadual. Ao todo, 65 emendas foram apresentadas e 35 delas foram acatadas pela comissão. Com a aprovação do parecer, o projeto pode ir a plenário para ser votado pelos deputados. O projeto, que foi apresentado pelo Governo do Estado, prevê o aumento da alíquota na contribuição dos servidores, de 11% para 14%, além do estabelecimento de idade mínima de 65 anos para homens e de 62 anos para mulheres se aposentarem. Durante a tarde, servidores que protestavam contra as mudanças invadiram a Alep para tentar acompanhar a sessão ordinária do dia. O presidente da Alep, Ademar Traiano (PSDB), limitou o número de servidores que poderiam acompanhar a sessão das galerias a 250 pessoas. Assim que todas as vagas foram ocupadas, os policiais tentaram impedir a entrada dos demais servidores, que reagiram ao bloqueio. Pelo menos uma cerca foi arrancada e uma porta de vidro foi quebrada. De acordo com o Fórum das Entidades Sindicais (FES), a Polícia Militar usou spray de pimenta e cassetetes para conter a entrada dos servidores. Cinco pessoas ficaram feridas, segundo o sindicato. A PM informou que quatro pessoas foram detidas. Traiano encerrou a sessão antes do previsto por causa do tumulto. Mesmo com o encerramento da sessão, os servidores continuaram nas galerias da Alep. De acordo com o FES, alguns manifestantes iriam dormir no local. O presidente da Alep, no entanto, entrou com um pedido de reintegração de posse para que os manifestantes fossem retirados das galerias. Ainda durante a noite desta terça-feira, a juíza Rafaela Mari Turra acatou o pedido de Ademar Traiano determinando a saída dos servidores do local, com aplicação de multa diária de R$ 2 mil por dia caso os manifestantes se recusem a sair. Por causa do protesto, Traiano afirmou que não há data para que a votação aconteça. No plenário, a proposta precisa ser aprovada em dois turnos por 3/5 dos deputados estaduais. O governo estadual enviou em novembro um pacote para alteração na previdência dos servidores. A proposta passou a tramitar na Assembleia após os deputados federais retirarem os servidores dos estados da reforma da Previdência nacional. De acordo com o líder do governo na Alep, Hussein Bakri (PSD), a proposta é uma réplica do texto da PEC aprovada no Congresso Nacional para os servidores federais. Segundo o governo, 125 mil servidores aposentados recebem R$ 782 milhões por mês, e este valor é pago pelos servidores em atividade, que contribuem com R$ 227 milhões. A diferença de R$ 6,4 bilhões ao ano, de acordo com o governo, é bancada pelo caixa estadual. Segundo o governo o déficit anual é maior que o orçamento estadual para as áreas de saúde e segurança.

Está circulando nos aplicativos de mensagens vídeos e fotos de supostos “radares” que teriam sido instalados na BR-376, próximo a Paranavaí. O autor do vídeo alerta para que os motoristas tomem cuidado ao passar por dois pontos da rodovia, um próximo a fazenda Arara, no km 99, e outro no km 65, próximo a um restaurante, em Guairaçá. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a informação não procede. O Portal da Cidade de Paranavaí conversou com o Policial Rodoviário Ronaldo Alexandre, que explicou que o equipamento não é um radar eletrônico e não multa nenhum motorista. É apenas um contador de veículos e foi instalado por uma empresa de planejamento, logística e pesquisas, a pedido do ministério da infraestrutura. A função do equipamento é fazer um levantamento da quantidade de automóveis que passam pelo local diariamente, para planejamentos futuros, como duplicação e instalação de novas praças de pedágio. Segundo a PRF, os aparelhos ficarão instalados nesses dois pontos da BR-376 temporariamente. Com relação aos equipamentos fixos de fiscalização eletrônica, a Polícia Rodoviária Federal confirmou que há dois na região de Paranavaí: um no Km 114, próximo aos motéis, e outro no Km 117, próximo ao trevo de entrada para Alto Paraná. Nos dois casos, o motorista deve respeitar o limite de velocidade da rodovia, estipulado na placa, que é de 80 km/h. Em agosto deste ano, o presidente Jair Bolsonaro suspendeu o uso de radares estáticos, móveis e portáteis nas rodovias federais até que o Ministério da Infraestrutura conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas. A medida se aplica aos seguintes tipos de radares móveis: – Instalados em veículo parado ou sobre suporte (estático) – Instalado em veículo em movimento (móvel) – Direcionados manualmente para os veículos (portátil) A justificativa do presidente é que a medida visa “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade”. O uso dos aparelhos será reavaliado pelo governo e não há prazo para a volta da fiscalização. Os Radares fixos, no entanto, continuam operando.

Reprodução: Site Eletron Energia

A bandeira tarifária em dezembro de 2019 será amarela, com custo de R$ 1,343 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Para dezembro, as previsões meteorológicas sinalizam melhora nas condições de chuva sobre as principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN), caracterizando o início do período úmido na região dessas bacias. A previsão hidrológica para o mês é a de que as vazões afluentes aos principais reservatórios se elevem gradativamente, mas ainda atingindo patamares abaixo da média quando comparadas às referências históricas. Essa condição intermediária repercutirá na capacidade de produção das hidrelétricas, ainda demandando acionamento de parte do parque termelétrico, com impactos diretos na formação do preço da energia (PLD) e nos custos relacionados ao risco hidrológico (GSF). O PLD e o GSF são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada. Criado pela Agência nacional de Energia Elétrica (ANEEL), o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração. Com as bandeiras, a conta de luz ficou mais transparente e o consumidor tem a melhor informação, para usar a energia elétrica de forma mais eficiente, sem desperdícios.

Os ginásios de esportes João de Oliveira Dutra e da Vila Operária sediam hoje, em Santa Cruz de Monte Castelo, a final das categorias Sub-11 e Sub-14 masculino, da 23ª Copa Noroeste de Futsal Menor. No Ginásio João Oliveira Dutra, a partir das 14h30, no Sub-11, jogam Santa Cruz de Monte Castelo x Nova Londrina, São Pedro do Paraná x Guairaçá, Nova Londrina x São Pedro do PR, Guairaçá x Santa Cruz de Monte Castelo, Santa Cruz de Monte Castelo x São Pedro do Paraná. Às 17h25, Guairaçá x Nova Londrina. A categoria Sub-14 tem jogos no Ginásio da Vila Operária, a partir das 14h: Santa Cruz de Monte Castelo x Nova Londrina, Santa Mônica x Terra Rica, Nova Londrina x Santa Mônica, Terra Rica x Santa Cruz de Monte Castelo, Santa Cruz de Monte Castelo x Santa Mônica. Às 17h20, Terra Rica X Nova Londrina. ITAÚNA DO SUL – A 23ª edição da Copa Noroeste continua neste domingo em Itaúna do Sul, com a disputa da final da categoria Sub-07, coordenada pela Associação de Clubes e Escolinhas do Noroeste do Paraná. A partir das 8h jogam Itaúna do Sul x Nova Londrina, São Pedro do Paraná x Loanda Futsal Menor, Nova Londrina x São Pedro do Paraná, Loanda x Itaúna do Sul, Itaúna x São Pedro. Às 10h55, Nova Londrina x Loanda.

Fontes G1 Paraná/RPC Noroeste/Portal da Cidade Paranavaí – Ferreira Jr. – Conexão 91

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *