Conexão 91 – Paraná 03/12/19

Terceiro dia de audiência de instrução e julgamento do caso da morte do jogador Daniel no Fórum de São José dos Pinhais. Na foto Cristiana Brittes e a filha Allana, envolvidas na morte do jogador, Edison Brittes assassino. rodrigo faucz

A defesa de Edison Brittes, réu no processo que apura a morte do jogador Daniel Correia Freitas, pediu para que ele deixe a prisão. O pedido foi protocolado nesta segunda-feira (2). A defesa pede que Brittes passe a usar tornozeleira eletrônica. Edison está preso preventivamente desde novembro de 2018. Ele aguarda a decisão da Justiça sobre o caso do homicídio do jogador Daniel. Brittes é réu por homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual, corrupção de adolescente e coações no curso do processo.

MP-PR denuncia 6 pessoas por lavagem de dinheiro em processo da Operação Riquixá = Seis pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) nesta segunda-feira (2) pelo crime de lavagem de dinheiro em um processo no âmbito da Operação Riquixá. Os crimes, conforme a denúncia, foram cometidos em Curitiba. A Operação Riquixá investiga um suposto esquema de fraudes em licitações do transporte público em várias cidades do Paraná, entre elas Curitiba, Apucarana, no norte, Foz do Iguaçu, no oeste, Paranaguá, no litoral, e Guarapuava, na região central, e também de outros estados.

Corpos de dois dos trigêmeos que se afogaram em rio são sepultados = Os corpos de dois dos trigêmeos de 13 anos que morreram afogados no último sábado (30) no Rio Paraná, em Mundo Novo (MS), foram sepultados em Alto Piquiri, no noroeste do Paraná, nesta segunda-feira (2). A terceira adolescente não havia sido encontrada pelos bombeiros até a noite de ontem. Os trigêmeos – duas meninas e um menino – moravam em Alto Piquiri com a família. Os corpos localizados pelos bombeiros foram velados no Centro de Convivência dos Idosos e sepultados no cemitério municipal.

Capô de carro voa sobre público durante competição após motor pegar fogo = O motor de um carro pegou fogo durante uma competição automotiva em Londrina, e o capô voou na direção de pessoas que acompanhavam o evento. Ninguém ficou ferido. O capô se soltou de um carro que participava de uma das tomadas de arrancada. Muitas pessoas estavam perto da pista, acompanhando a competição, e, por pouco, não foram atingidas. A competição Armagedon foi realizada no Autódromo de Londrina e atraiu pilotos de todo o país. A organização afirma que foram 8 mil visitantes.

Greve suspende atividades em parte das escolas da rede pública = Uma paralisação de professores e servidores da rede estadual de ensino do Paraná, iniciada nesta segunda-feira (2), suspendeu atividades em parte das escolas públicas do estado. De acordo com a Secretaria Estadual de Educação do Paraná (Seed), 281 colégios aderiram parcialmente ao movimento até a tarde desta segunda. Outras 43 escolas estaduais tiveram adesão total à paralisação. Ao todo, o estado conta com 2.143 escolas na rede pública. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores de Educação Pública do Paraná (APP-Sindicato), a greve foi aprovada após uma assembleia realizada no dia 22 de novembro. O movimento é contrário à reforma da previdência sugerida pelo Governo do Paraná.

Câmeras de segurança de um condomínio de Maringá, flagraram uma mulher reagindo a um roubo e batendo no assaltante. Ela e o vizinho foram abordados na entrada do prédio onde moram na segunda-feira (25) por dois homens em uma motocicleta. Os dois correram para dentro do portão, mas um dos homens entrou com os moradores na área do condomínio. Para evitar que o assaltante entrasse no prédio, a mulher, de 27 anos, partiu para cima do homem. As imagens mostram a mulher arrancando o capacete do assaltante e batendo nele. “Eu moro sozinha, eu fiquei com medo dele subir no prédio, porque ele tinha conseguido entrar no hall do prédio”, afirmou a vítima do assalto, que preferiu não se identificar. Ela conseguiu recuperar a bolsa e o celular dela que tinham sido roubados. Ela ainda conseguiu pegar o celular do assaltante, que foi entregue à polícia. “Eu me arrependo de ter feito isso porque como eu agredi ele sozinha, ele poderia ter vindo para cima de mim”, disse ela. O outro homem que estava em uma moto do lado de fora do condomínio fugiu quando percebeu que o comparsa estava apanhando. A jovem teve ferimentos leves. Ninguém foi preso.

O corpo de um homem, de 73 anos, foi encontrado esquartejado dentro de uma mala, nesta segunda-feira (2), em Paranavaí. De acordo com a Polícia Civil, ele morava no Jardim Paulista e estava desaparecido desde o dia 23 de novembro. O filho dele, de 21 anos, confessou o crime e indicou o local em que o pai estava enterrado. O jovem estava preso temporariamente em Curitiba e foi levado até Paranavaí pela polícia, nesta segunda-feira, para auxiliar nas buscas pelo corpo do idoso. Durante as investigações, a polícia havia encontrado no quintal da casa da vítima um colchão e panos com manchas de sangue. Denúncias anônimas chegaram à polícia que apontavam o filho como o autor do crime. Segundo a polícia, o rapaz deve responder pelo crime de homicídio qualificado e ocultação de cadáver. A pena pode ultrapassar 30 anos de prisão. O suspeito já tinha passagens pela polícia por incêndio, furto qualificado, corrupção de menores, uso de drogas e ameaça. A Polícia Civil informou que vai pedir a prisão preventiva dele.

Nesta segunda-feira (2) o sol predominou no Noroeste do Paraná e as temperaturas foi se elevando ao longo do dia. Para a região não havia previsão de chuva. Segundo o Sistema Meteorológico do Paraná (Simper), a condição foi de céu com poucas nuvens, com máxima de 31ºC e mínima de 21ºC. Já hoje a condição do tempo permanece a mesma no noroeste paranaense. As temperaturas seguem a tendência de elevação, com mínima da 21ºC e máxima de 32ºC. Na quarta e quinta-feira (dias 4 e 5), o tempo começa a ficar instável. Situações de chuva são previstas para Terra Rica , acompanhadas do deslocamento de uma frente fria, que já se afasta na sexta-feira (6). Nos dois dias as máximas ficam entre 28ºC e 30ºC e as mínimas permanecem em 21ºC. Na sexta-feira o tempo volta a ficar estável e a possibilidade de chuva é bastante pequena. A previsão é de céu com muitas nuvens e termômetros entre 20ºC e 31°C.

Atendendo pedido formulado pelo Ministério Público do Paraná, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Paranavaí, no Noroeste paranaense, a Justiça determinou o afastamento cautelar, por 180 dias, do prefeito de Nova Aliança do Ivaí, Adir Schmitz (PP), município da comarca. Investigações realizadas pelo MPPR na Operação Hecatombe revelaram que o prefeito promoveu a contratação de ex-secretária Municipal de Finanças na condição de estagiária, visando bular decisão judicial de exoneração.

A ordem de exoneração da então secretária havia sido decretada liminarmente pela 1ª Vara da Fazenda Pública de Paranavaí e mantida pelo Tribunal de Justiça, em ação civil pública por atos de improbidade administrativa ajuizada pelo MPPR contra o prefeito, pela prática de atos de “transnepotismo” ou “nepotismo interinstitucional”, decorrentes da nomeação de parentes de sete dos nove vereadores do município para cargos de alto escalão do Executivo (secretários, diretores e chefes de divisão). A secretária de Finanças havia sido nomeada por ser filha de um vereador. 

Após o cumprimento de mandado de busca e apreensão na sede na Prefeitura, comprovou-se que o Município contratou a ex-secretária sem qualquer teste seletivo – o contrato de estágio foi elaborado após o Tribunal de Justiça manter a decisão liminar da 1ª Vara da Fazenda Pública de Paranavaí. 

A decisão pelo afastamento do prefeito baseou-se ainda no extenso histórico de ações por atos de improbidade a que o gestor público responde tanto na Justiça Estadual quanto na Federal, contando com diversas ordens judiciais de indisponibilidade de bens.

Fontes G1 Paraná/RPC Noroeste/Portal da Cidade Paranavaí – Ferreira Jr – Conexão 91

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *