Barulho nos escritórios podem causar sobrecarga mental

Trabalhar em escritórios barulhentos com conversas paralelas pode causar sobrecarga mental. Um estudo francês revelou que trabalhar o dia todo exposto a conversas altas e paralelas pode gerar cansaço e prejudicar o sistema nervoso, cardiovascular e digestivo.

Especialistas apontam que um dos motivos seja o fato do cérebro ser obrigado a fazer duas cosias ao mesmo tempo quando está exposto a esses ambientes e captura diferentes ruídos.

O instituto nacional de pesquisa da saúde e segurança do trabalho na frança revelou que nos últimos anos a situação na indústria e no setor de obras evoluiu, mas nos escritórios abertos ainda precisa evoluir já que é a maior queixa dos trabalhadores.

Como solução, os especialistas sugerem que instalações de pisos ou carpete, e tetos com revestimento acústico que absorvem o barulho. Um estudo alemao já havia mostrado que a poluição sonora pode desencadear estresse, favorevcer depressão e até transtorno de ansiedade.  Independente do nível de decibéis, qualquer ruído que atrapalhe a concentração ou incomoda é suficiente para ativar o sistema nervoso e aumentar o risco de doença mental. Entram na lista ruidos relacionados ao transito, ou pequenos barulhos que incomodam como a risada de um colega de trabalho, o cachorro latindo ou o grito dos filhos.

Especialistas alertam que mascarar ou bloquear sons altos ou irritantes sempre que possível pode ajudar a combater todos os efeitos negativos sobre a saúde.

Luiza Barufi/Mais News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *