Feijão não deve subir de preço este ano

A safra de feijão em 2019 deve suprir o consumo dos brasileiros.

A previsão do IBGE é que sejam colhidas 2,9 milhões de toneladas de feijão em 2019. O consumo médio interno no país é de três milhões de toneladas.

Isso quer dizer que o preço do feijão não deve subir na prateleira do mercado, como aconteceu em safras passadas quando o feijão chegou a custar 10 reais o pacote. A segunda safra do feijão será a responsável pela alta na produção. De acordo com o IBGE, a safra deste ano será 13,4 por cento maior que a segunda safra do ano passado.

O destaque vai para a região nordeste. Bahia, Alagoas e Ceará lideraram a alta na colheita do feijão segunda safra. O IBGE divulgou a previsão da safra de grãos no país.

No total, o Brasil deve produzir em 2019 239,8 milhões de toneladas de grãos, um novo recorde para a produção nacional.

Henrique Carmo/ Mais News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *