Canhotos tem menos chances de ter parkinson mas podem ter mais chances de ter esquizofrenia

Canhotos podem ter um risco menor de desenvolver a doença de Parkinson, tem melhores habilidades verbais, mas também podem termais chances de esquizofrenia.

O alerta é de um estudo da universidade de Oxford que analisou 400 mil pessoas. E dentre essas pessoas, mais de 38 mil eram canhotas.

Os pesquisadores lembram que apenas 10% da população é canhota, e são poucos os estudos que analisam a conexão entre o desenvolvimento do cérebro e a mão dominante.

Os resultados desse estudo mostraram que os canhotos podem ter melhores habilidades verbais, se comunicam de maneira mais coordenada. O estudo também mostrou riscos ligeiramente maiores de Esquizofrenia e riscos ligeiramente menores da doença de Parkinson, em pessoas canhotas.

Vale lembrar que mais estudos são necessários para explicar a relação dos distúrbios mentais e a mão dominante.

Luiza Barufi/ Mais News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *