Média de gols despenca, e Rússia tem a quarta menor da história das Copas

Apenas México-1986, Itália-1990 e África do Sul-2010 tiveram menos gols nas 23 primeiras partidas disputadas, revertendo o forte crescimento de Brasil-2014

s defesas estão se impondo vigorosamente na Copa do Mundo da Rússia. Após 23 jogos disputados, foram marcados apenas 51 gols. A média está em 2,22 gols por partida. Apenas três Mundiais tiveram menos gols do que atual edição: África do Sul-2010 (1,87), México-1986 (1,96), Itália-1990 (2,13).

A marca reverte o crescimento de quatro anos atrás, no Brasil, quando nos 23 primeiros jogos foram marcados 66 gols, maior marca desde 1982 (67 gols) e segunda maior desde 1958 (80). Na Rússia, a queda na média de gols marcados em relação à Copa de 2014 é de 23%.

– O fato de mais de 70% dos atletas que disputam esta Copa atuarem na Europa e estarem em fim de temporada é certamente um dos fatores. Uma temporada é muito desgastante, e eles acabam chegando no Mundial longe de suas melhores condições. Além disso, o nível técnico-tático está elevado, e as seleções favoritas não estão conseguindo se impor, pois a marcação sobre os principais jogadores está muito forte – afirmou o ex-atacante Grafite, comentarista do programa Troca de Passes, do SporTV.

Para a repórter da Rádio Globo Ana Thais Matos, o número de gols em bola parada nesta Copa também mostra como as defesas estão fechadas.

– O equilíbrio defensivo está tão grande, que muitos gols estão sendo marcados a partir de bolas paradas, sejam pênaltis ou faltas. Os melhores sistemas defensivos dominaram as Eliminatórias, e isso está se refletindo na Copa. A seleção brasileira é um bom exemplo disso.

Um exemplo claro de como a bola parada vem sendo decisiva é o desempenho do português Cristiano Ronaldo. Até aqui, ele é o artilheiro da Copa, mas dos seus quatro gols, três foram marcados em jogadas de bola parada: um de pênalti, um de falta e um após cobrança de escanteio.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *